Cadastre-se para receber novidades

Nome Email
Área Restrita




Esqueci a senha

Notícias

06/05/2010
Copom: alta dos juros foi reação incisiva para conter avanço da inflação

A política monetária precisava agir de forma incisiva para conter a inflação. Essa foi a justificativa dos membros do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central para elevar a taxa básica de juros, a Selic, 9,50% na reunião do dia 28 de abril.

A ata da reunião, divulgada hoje, revela que “prevaleceu o entendimento entre os membros do comitê de que competiria à política monetária agir de forma incisiva para evitar que a maior incerteza detectada em horizontes mais curtos se propague para horizontes mais longos”.

De acordo com o documento, o Copom considera que a economia se encontra em novo ciclo de expansão e as incertezas sobre o ritmo desse processo deverão ser dirimidas ao longo do tempo.

“Os sinais de aquecimento da economia se manifestam, por exemplo, na trajetória dos núcleos de inflação, na elevação das expectativas de inflação, nos indícios de escassez de mão-de-obra em alguns segmentos e na elevação dos custos dos insumos”.

Para o Copom, nesse cenário, precisam ser revertidos os sinais de persistência do descompasso entre o ritmo de expansão da demanda e da oferta.

« voltar
Vencimentos
Vencimentos Anteriores
Certidões
Receita Federal
P. Física
P. Jurídica
FGTS
Previdência Social
Pedido de Certidão Negativa de Débito
Consulta à Certidão Negativa de Débito - CND ou CPD-EN
Municipais
Serviços On-line
Estaduais
Certidão de Débitos Estaduais

Simples Nacional
Receita Federal
Secretaria de Estado da Fazenda / SC
Sintegra
Prefeitura Municipal de Blumenau
Desenvolvimento INFORMARE